Novidades Fibratec

Postado em 11 de Maio às 10h20

É preciso repensar os modelos de prestação de serviço de saneamento

Mais de dez anos após a Lei do Saneamento Básico entrar em vigor no Brasil, em 2007, metade da população do país continua sem acesso a sistemas de esgotamento sanitário. O acesso da população à coleta de esgoto passou de 42% para 52% e o de abastecimento de água passou de 81% para 83%. Esta lenta evolução suscita um diálogo transparente sobre os modelos atuais de prestação de serviços, a fim de identificar barreiras e construir novas oportunidades que garantam a aceleração do acesso aos serviços e alcance das metas de universalização.

Fonte: http://somosmaissaneamento.com.br/mensagem3/

Veja também

O Brasil tem o compromisso de cumprir suas metas de universalização dos serviços de Água e Esgoto03/05 Em 2013 o Plano Nacional de Saneamento (Plansab), coordenado pelo Ministério das Cidades, estabeleceu o compromisso de alcançar em 2033 a universalização dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário no Brasil. Reforçando este compromisso, em 2015 a ONU estabeleceu, por meio do ODS6, a meta mundial de acesso universal à água segura......
Sistema de automação inteligente permite o monitoramento da estação aerada17/07/14Fibratec Engenharia disponibiliza o item como acessório para controlar o funcionamento do produto As estações de tratamento aeradas, produzidas pela Fibratec Engenharia, são compactas e projetadas especificamente para obter maior flexibilidade na sua instalação e implantação. Para trazer ainda mais......
Fibratec Engenharia participa da 2ª Mostra Casa & Arte17/04/15 A Fibratec Engenharia expõe na segunda edição da Mostra Casa e Arte, que segue até o dia 19 de abril de 2015, no Edifício ET Renovável, na Avenida Getúlio Vargas, em Chapecó - SC. O evento apresenta......

Voltar para (NOTÍCIAS)