Novidades Fibratec

Postado em 16 de Julho às 13h52

Entenda a importância do tratamento de efluentes

A preocupação com os impactos ao meio ambiente e a sua preservação vem crescendo dia após dia, fazendo com que empresas, governos e as pessoas tenham um pensamento mais verde, repensando as suas atitudes. Algumas leis, inclusive, vêm surgindo com o objetivo de proteger a natureza e garantir os limites adequados à atividade industrial. Este é o caso do tratamento dos efluentes industriais, questão recente que ganha espaço nos debates sobre sustentabilidade.
O grande funcionamento das indústrias gera, naturalmente, um grande número de efluentes, que são resíduos, tratados ou não, jogados no meio ambiente. Compreendem esgoto doméstico, água de refrigeração e pluvial poluídas e emanações de processo industrial. A falta de tratamento destes efluentes e o seu descarte indevido acarreta sérios problemas ambientais.
Entre os perigos da falta de tratamento destes materiais, encontram-se modificações nas características do solo e da água e a contaminação do meio ambiente. A questão se torna ainda mais séria ao contabilizar o número de indústrias localizadas em áreas urbanas, com considerável concentração de pessoas, aumentando o risco à saúde da população, comprometendo a prática agrícola e ameaçando a fauna e a flora locais.
Quando o tratamento não é realizado, o volume de efluentes descartados nos corpos de água e no solo se torna altamente nocivo à composição química da água e ao lençol freático, que aos poucos vão sendo contaminados. Todos sabem o quanto a água é fundamental para a vida humana, animal e vegetal, tornando-se um patrimônio comum da humanidade. A qualidade da água em represas, rios, praias, bacias hidrográficas e balneários refletem diretamente no desenvolvimento sustentável e na qualidade de vida da população.
As políticas ambientais e de saneamento básico e os processos de coleta e tratamento de efluentes foram desenvolvidos para proteger a natureza e garantir o direito humano aos serviços básicos como higiene e saúde por meio do acesso à água tratada.
O tratamento de alguns efluentes industriais permite a sua reutilização em outras atividades produtivas, irrigação de jardins e lavagem de pátios. Esse recurso torna-se uma fonte alternativa que beneficia ao meio ambiente e gera diminuição de gastos para a empresa.
A legislação brasileira define que as indústrias são responsáveis pelo tratamento da água e de seus efluentes. Também são caracterizados por lei os padrões de qualidade dos corpos de água que receberão cada tipo de efluente tratado.
As empresas que não respeitam as leis e decretos de defesa do meio ambiente são multadas e penalizadas pelos órgãos ambientais que fiscalizam o tratamento e descarte irregular dos efluentes ou outros casos de descumprimento da lei.
Para evitar todos esses problemas ambientais, hoje, a Fibratec Engenharia oferece diversas soluções para o tratamento adequado dos efluentes e reuso da água tratada. Entre em contato com a gente e saiba mais!

Com informações: Dinâmica Ambiental

Veja também

Setembro Amarelo 01/09/18 No mês de prevenção ao suicídio apoiamos a valorização da vida, pois viver é sempre a melhor escolha. Se precisar de ajuda conte conosco! #FibratecEngenharia...
Expectativas para o saneamento básico no Brasil em 201922/02/19 Para que se fale de expectativas para o saneamento básico precisamos olhar um pouco ao redor e ver nossa situação atual. Mesmo encenando entre as 10 maiores economias do mundo, 35 milhões de brasileiros não têm......

Voltar para (NOTÍCIAS)